Friday, August 09, 2013

Beba-se


n’água ardente
da minha boca

sua língua louca
bebeu conivente

com meu vício
de provocar [acidente]

foi um beijo que virou sina
e até mesmo suspeito

que causou [aquele] efeito
de tirar segundos de vida


Autora:Lena Casas Novas


Monday, March 08, 2010

OITO DE MARÇO



“a”
um artigo bem definido.
Concordo em gênero feminino:
a mulher tem um
“q”

― um misterioso
e tão intrigante ponto
“g”

dia
oito internacional
uma data que
arrepia

que liga dois pontos:
da mais sensual
a mais fria

ela
sabe o que quer
e não adianta tentar descobrir
como funciona uma
mulher

[Autora: Lena Casas Novas]

Wednesday, March 03, 2010

Movimento geóide



Lá fora,
o mau cheiro do pólen.

Queimado pelo pavio da chaminé.
Construída pelo ego que destrói.

Que cessam as pétalas de bem-me-quer.
Arrancam o palmito
do tronco que chora.

Direitos Humanos?
Há esperança de melhora
em cinqüenta anos?

Com seu movimento geóide,
Sente uma dor pulmonar.

Pela combustão que explode,
Espera essa cratera sarar.

Ainda se ouve o tinir da esfera.
Conduzida pelo ego que destrói.

Que perturba o planeta Terra.

Lena Casas Novas - Da obra
Incessante

"Hora do Planeta 2010 - DIA 27 DE MARÇO - ÀS 20h30 - Apague a luz por 60min. E acenda a consciência contra o Aquecimento Global!"


Dedicado ao Tiago Malta

Tuesday, December 29, 2009

Às vésperas de novo



-->
Lá em cima, o céu se enfeita
De confetes e paetês explosivos.
.
É o começo de uma nova colheita,
E o fim dos desejos de artifícios.
.
Estão às vésperas da inovação
Com as cores das perspectivas,
.
Muitas vidas em transformação
Para um ano novo de conquistas.

[Autora: Lena Casas Novas]

Wednesday, September 23, 2009

entrelinhas e pontos...




--> -->
deixei de existir n-vezes
por causa da sua existência,

até neguei três vezes
a minha forte essência,

que a onda levou por um tempo,
mas foi devolvida pelo banzeiro
num arremesso porta a dentro

escondi no meio do nada,
sem prazo de entrega
para corpo e alma,

entrei em simetria axial
arrebentei a crisálida,
ficou apenas um ponto:final.

[Autora: Lena Casas Novas]

Saturday, September 05, 2009

mulher rosa-negra




não ouse nos meus
sentimentos tocar,
tenho corpo de espinho,
sem querer, posso te machucar.
não ouse os meus
sentimentos descobrir,
tenho a alma macia,
sem querer, posso te seduzir.
não ouse nenhum
sentimento arrancar de mim,
só por que sou a rosa negra
que sem querer, nasceu em teu jardim.
Não ouse seus
sentimentos esconder,
tenho uma intuição penetrante,
em qualquer língua, leio você!

[Autora:Lena Casas Novas]

Wednesday, August 05, 2009

Fogo incessante






a silhueta incendeia
os olhos,
.
e no apagar da luz,
queima por inteiro
corpos nus
.
o calor da mulher
é aguardente para imaginação,
.
faz o homem se inebriar.
.
o calor da mulher
provoca a translação
.
dentro do seu universo: amar


Curta ►Facebook

Siga ► Instagram



Conheça a loja ► www.incessante.com.br

Thursday, July 23, 2009

Versos tintos




-->

-->
noite fria à beira-mar,
uma copa e uma cabana
quente pra declamar:

versos livres e soltos
assim como meus cabelos
encaracolados em teu corpo

coberto com seda vermelha,
que induz um toque baterista,
que não pára nem a peia
até se tornar tão intimista

e arrancar um beijo
do meu tinto anseio,
beber um gole de mim
pra descobrir meu segredo