Friday, July 20, 2007

REALIZAÇÃO
[Foto: Jacó Oliveira]
No silêncio, ouvi vozes no vento,
Repiques subiram em detalhes,
Misturou brilho no acabamento,
Almeja a entrega das chaves.

Dominado pela alucinação
Votos instigam à coragem
Em devaneio... quer da realização!
Seja pela força, seja pela vaidade.

A tentativa permeia o instante
Insiste na formação da utopia,
Não deixa a esperança desandar

Degusta da ilusão abrasante
E, na sua inanimada fantasia,
Apaga o medo de encarar.

4 comments:

ALF O Extasiado said...

Um completo desafiar.
Encarar sem medo o caminho
a seguir.
Mesmo sem saber onde vai dar.

Belo poema
=]

beijos

*DIANA LORENA* said...

EXISTE SEMPRE UM CAMINHO INVISIVEL,
ENTRE O POETA E O VENTO,
ESSE SEM DUVIDA SÓ O TEMPO.
BEIJOS E ADMIRAÇÃO.

Fla Perez said...

que lindo Lena!!!! , me lembrou uma musica canTada pela Nana , acho que se chama "ResposTa ao Tempo"

Fla Perez said...

que lindo Lena!!!
me lembrou uma musica que a Nana canTa:"ResposTa ao Tempo"