Friday, August 09, 2013

Beba-se


n’água ardente
da minha boca

sua língua louca
bebeu conivente

com meu vício
de provocar [acidente]

foi um beijo que virou sina
e até mesmo suspeito

que causou [aquele] efeito
de tirar segundos de vida


Autora:Lena Casas Novas


1 comment:

André Luís Soares said...

Lena,...

Para começar bem o dia
venho aqui viver
uma (over)dose
de sua poesia.

Maravilhosa, por sinal.

Beijo, poetisa!